terça-feira, 3 de agosto de 2010

Lembranças...

Talvez os dias têm passado rápido demais, não sei...

Nessa semana faço aniversário, completo minha segunda década, olho pra trás e me pergunto – Quem é você?

O que aconteceu com o jovem sonhador? com o poeta introspectivo? com o pintor/expositor?com o cara que manjava de geografia, história ou sociologia?

O que aconteceu com aquele menino que gosta de viajar? de descobrir as coisas? Será que ele foi engolido pela faculdade de arquitetura? ou por preocupações habitais? ou por coisas de arquiteto? na verdade não...Ele continua aqui.

Pode ser que a vida tenha mudado um pouco o seu foco, lhe ensinado outros aspectos.

Vinte anos, o tempo passou depressa demais, lembro-me dos tempos que eu brincava de gato-mia com meus vizinhos, ou dos mamonas assassinas e do Chupa-cabra esse parecia que ia surgir do Rio São Francisco pra me buscar.

Lembro dos tempos de Uberlândia, da pitangueira e do frio de Alpinópolis, das galinhas, do milharal e das lavadeiras de rio de São Francisco...

Bom tudo isso passou, mas eu continuo aqui, agora no Rio de Janeiro, quem diria, correndo atrás de meu futuro.

Futuro que surgiu de meu passado, dos tempos em que desenhava nas mesas de escola e sonhava com um mundo imaginário melhor, mais justo.

Do tempo que eu lia e investigava a arquitetura e viajava naquilo.

De sonhos, sempre sonhos...

Mas eu estou aqui olhando para isso tudo, comemorando meu aniversário, estou bem, tanta coisa se passou, aquele menino de suspensório cresceu e está aí querendo abraçar o mundo, enquanto o mundo gentilmente o abraça.

Bem vindo ao Futuro.

2 comentários:

Manuela Marques disse...

Olá!
Primeiramente, agradeço os elogios, e desculpo-me por ter demorado o retorno. Sim, escrevi textos lá pro Gabito do CCE, somos amigos.

Gostei do teu jeito simples, um tanto quanto ingênuo e bastante sincero de escrever, gosto desta escrita despretensiosa,espontânea, me lembra um pouco da ausência de limitações e liberdade que tem as crianças em seus devaneios. Gosto. Gostei. Parabéns. Continue escrevendo. Abraço!!!

Beterraba disse...

Obrigado Manu, tua presença neste blog é mais um incentivo para eu escrever aqui...